Gabriela – 8 Meses

Gabriela – 8 Meses

Chegamos então aos 08 meses da Gabriela!!! Engraçado que fomos visitar uns amigos que tem uma bebê de dois meses e meio e, agora, pra nós parece que faz muito tempo desde que Gabi era daquele tamanhinho! Por aqui começou a fase de, a cada dia, surgir uma marmotinha nova, desenvolver uma habilidade “de repente”, fazer gracinhas, sons diferentes, começar a reconhecer as pessoas.

Logo após completar 08 meses, Gabi aprendeu a engatinhar. Antes disso, ela passou algumas semanas se arrastando – nadando – no chão. No dia seguinte que aprendeu, depois de termos feito toda a rotina da noite: banho morninho, brincadeiras, pijama, mamá, música e sono, ela resolveu que queria porque queria treinar sua nova habilidade. Passou então  duas horas, veja bem, eu disse: DUAS HORAS, engatinhando pela casa inteira, conosco atrás dela. Lembro bem que era uma sexta-feira e nós estávamos no auge do cansaço. Porém, achamos aquele momento incrível, fingimos que estávamos super dispostos e ficamos esse tempo todo junto com ela, ajudando a aprimorar e atendendo essa necessidade. 

Ela passou a sentar sozinha, mudar para a pose de engatinhar, depois sentar de novo. No início parecia um ” João Bobo”, tombava na velocidade da luz e deu várias cabeçadas no chão. Agora, já está especialista nesses movimentos e anuncia os próximos: se apoiar em algum lugar vai ficando em pé…ou seja: altas aventuras para ela explorar.

Durante o dia, ela diminuiu bastante as sonecas. Quando dorme, dorme na rede e nós tivemos que deixar a rede bem rente ao chão com medo dela rolar demais e cair. Tem algumas noites que Gabi apresenta uma certa resistência pra dormir (ela dorme normalmente no berço, no quarto dela), e então, nós apelamos pra rede em alguns momentos da madrugada também. Eis que, nesse fim de semana, acordamos com ela fazendo barulhinhos  de manhã e, quando corri pra ver, ela tinha descido da rede sozinha e já estava engatinhado no meio do quarto dela, morrendo de rir! Deu um mini ataque cardíaco em nós, mas tudo bem! Faz parte! 😀

Tiveram outras noites em que, depois da rotina, antes de pegar no sono, ela quis ficar engatinhando. Na maioria das vezes nós deixamos, apoiamos, incentivamos, mas tem dias que a gente não aguenta mais – por cansaço mesmo, e nessas noites eu apelo: deito com ela na rede, pendurada no meu peito e balanço até dormir. Já aconteceu de eu dormir muito mais rápido que ela e tudo bem, é torcer pra ela não fazer escândalo pra ir pro chão. 

Gabi continua acordando de madrugada. Em noites boas acorda uma vez, mas tem dias que tira pra acordar 3, 4, 5 vezes. Já aconteceu de passar uma noite quase toda acordando de hora em hora. No outro dia, eu não sou ninguém: parece que um trator passou em cima de mim! hehehe

Esse mês também tivemos um episódio de 4 dias com febre. Notamos ela mais quentinha e ficamos observando a temperatura. De noite, rapidinho ela chegava à 38,5. Só tinha esse sintoma (ela também estava mais irritada) e as gengivas inchadas. Resultado: era o segundo dentinho rasgando a gengiva. Já levei algumas mordidas no peito (delícia, viu?! Só que não)

Eu me conformo porquê sei que é uma fase e que, mais ou menos dia vai passar. Por enquanto, vamos aproveitando por aqui as dores e delícias da maternidade/paternidade e seguindo juntos para as próximas fases!  🙂 

Comente! :]


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *