Diário de Gravidez – Parte III

Diário de Gravidez – Parte III

27 semanas.

Percebi que existem alguns padrões quando uma mulher descobre que vai ser mãe. Primeiro vem quase que automaticamente uma fadiga, uns sentimentos meio confusos, os hormônios… Em seguida a gente começa a procurar enlouquecidamente uma quantidade absurda de informações (viva a internetê!). Muitas perguntas começam as perguntas com “-É normal isso ou aquilo…?” E aí são muuuitas dúvidas compartilhadas em grupos de whatsapp, facebook, instagram…enfim. Gosto bastante dessa grande rede de mulheres que se apoiam – e acho que é fundamental a gente compartilhar, mas também filtrar, muitas informações.

O meu primeiro trimestre de gravidez foi até tranquilo: cólicas, cólicas, cólicas³, um sono louco, silicone natural, uma fome MEDONHA, um abuso de café e chocolate (que eu amo <3), amor extremo por limão e laranja, espinhas estilo adolescente, náusea pra ficar no computador ou celular, vontade de rir, chorar, gritar, bater, gargalhar, tudo ao mesmo tempo…enfim…não vomitei, nem tive grandes problemas, exames ok!

O segundo semestre chegou e percebi, como já havia lido em alguns lugares, que ele é sim “essa coca-cola toda”! A disposição reapareceu, o sono já não me atrapalha tanto, as espinhas diminuíram, voltei a conseguir comer chocolate e doces não me deixam mais nauseada, o cabelo parou de cair e ganhou um brilho e volume maravilhosos, o peso ainda maltrata só um pouco a lombar, mas exercícios, acupuntura, alongamento e água morna ajudam a relaxar!

Eu parei de ler quase tudo sobre parto e sobre a gravidez em si. Me concentrei em outros problemas práticos da vida e passei a frequentar presencialmente alguns encontros e eventos de grávidas e bebês. Acho muito gostoso compartilhar as histórias e experiências positivas pessoalmente, olho no olho! Tenho conhecido muitas mulheres incríveis por aqui!

Só que… agora que o segundo trimestre está chegando ao fim, começou a bater um leve desespero por não ter NADA arrumado pra ela. Acho que é uma coisa meio “bicho” também, esse instinto de ter um ninho arrumado mesmo sabendo que ela, inicialmente, só vai precisar de peito, colo e uns paninhos! 😀

Essa parte do ano sempre passa muito depressa e é sempre cheio de muitas coisas (trabalho/burocracias/exames/confraternizações/etc/etc/etc) pra resolver e fazer e com a gravidez isso está bem mais intenso. Inclusive preciso me permitir descansar um pouco mais. É isso…muitas emoções e correria (mas ao menos a playlist de parto já está feita!!!) 😀

Comente! :]


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *